sexta-feira, outubro 24, 2008

China, jornal de parede

.
.
.
.



As importações de petróleo pela China aumentaram 8,8% entre Janeiro e Setembro deste ano, para 140 milhões de toneladas métricas, segundo dados divulgados hoje pela Administração Geral Alfandegária.
-
As exportações da China cresceram 21,5% em setembro, para 136.400 milhões de dólares, em relação ao mesmo período do ano anterior. O resultado manteve-se estável em relação ao avanço de 21% observado no mês anterior.
Já as importações chinesas cresceram 21,3% no último mês, para 107.100 mil milhões de dólares, em comparação ao mesmo período de 2007, depois de um crescimento de 23,1% em Agosto. Com este resultado, a balança comercial da China registou um superavit de 29.300 mil milhões em Setembro.
-
O Comité Central do Partido Comunista da China anunciou uma série de reformas na área rural que visam duplicar, até 2020, a renda per capita média dos quase 800 milhões de chineses que vivem no campo.
Como parte das reformas, espera-se que passe a ser permitido aos camponeses trespassar livremente contratos de arrendamento de terras e que possam subarrendar os terrenos que estão sob seus cuidados – ação actualmente ilegal, mas praticada informalmente.

2 comentários:

Anónimo disse...

-chineses miseráveis estão a dar cabo do comunismo.ihihihih
A.Fagundes

madeline disse...

Incorporando o "sonho americano", o candidato democrata a presidente dos EUA, Barack Obama, goza do apoio de até 75% dos chineses, disse a imprensa estatal na quinta-feira, citando uma enquete eletrônica realizada pela Embaixada dos EUA no site China Daily.