domingo, junho 25, 2017

Os dois debates possíveis




A propósito de Pedrogão Grande são possíveis dois debates distintos

1. As políticas nacionais de prevenção e combate aos fogos, a questão do ordenamento da floresta, a questão da quatidade e qualidade dos meios de combate, a questão da aquisição do SIRESP e a sua vida contratual, etc.2. O que desencadeou aquele incêndio em concreto, o que é que no dia do grande incêndio podia ter sido feito nas condições atmosféricas presentes no local e com os meios técnicos e humanos existentes no país. Comparando obviamente com o que realmente se passou.
Misturar estes dois debates é quase sempre uma forma de lançar a confusão no segundo.
É verdade que aquilo que se passou no dia 17 de Junho pode vir a gerar recomendações para modificar as políticas nacionais de prevenção e combate aos fogos mas, mesmo que tal aconteça, as medidas a adoptar não vão desfazer aquilo que já aconteceu. Muitas delas até só darão resultados ao fim de vários anos.
Todos nós temos opiniões sobre tais políticas mas quem arcou com a responsabilidade de responder ao incêndio, quer a nível técnico quer a nível político, só podia fazê-lo nas circunstâncias físicas do próprio dia e com os meios existentes nesse momento.
O debate do ponto 2, destina-se portanto a determinar se houve falhas, erros ou descoordenações tomando em consideração os meios e circunstâncias existentes e disponíveis e não aqueles que poderiam idealmente existir. Não tem qualquer interesse, nesse contexto, falar das decisões que se tomaram ou deixaram de tomar nas últimas décadas. Essa é outra discussão.

sexta-feira, junho 23, 2017

quinta-feira, junho 22, 2017

quarta-feira, junho 21, 2017

Tipo Pombal




Nós precisávamos era de um Sebastião José de Carvalho e Melo, 
para não termos que chorar todos os anos novos mortos. 
É que aos mortos os abraços de Marcelo pouco valem.

domingo, junho 11, 2017

George Steiner




Trecho da entrevista feita por Luciana Leiderfarb a George Steiner. Publicada no Expresso de 3 de Junho.
Uma questão que me preocupa e continua actual, por entre fanatismos de esquerda e de direita.

quarta-feira, junho 07, 2017

terça-feira, junho 06, 2017

Assim é que é



O PS ajuda a banca e a banca ajuda o PS.
A verdadeira vocação do PS; falir e depois negociar com os credores

sábado, junho 03, 2017

Manobras de diversão



Manobras de diversão
realmente grave é os serviços de informação serem há muito controlados pelas lojas maçónicas, como é comumente sabido.
Isso talvez explique a utilização recorrente, na luta partidária, de escândalos ou questões do foro pessoal que surgem no jornais vindas não se sabe de onde.