quinta-feira, março 26, 2009

Obras faraónicas

.




Abu Simbel é realmente magnificente apesar do senão de se tratar de uma reconstrução, também ela espantosa, 90 metros acima do local original.
Ramsés 2 tem aqui um belo trabalho de autopromoção.
Fiquei espantado por verificar que até na face de Nefertari, um dos seis colossos da entrada, como em quase todos os monumentos, existem inscrições feitas por energúmenos do século dezanove.

Mas o espanto não se fica por aqui. Aos pés dos templos estende-se um verdadeiro mar que foi criado pela barragem de Assuão. É bom lembrar que estamos em zona desértica a mais de 300 quilómetros da barragem.
A barragem foi feita com uma quantidade de pedras suficiente para fazer 17 pirâmides, segundo me disseram.
As obras faraónicas continuam portanto.

.

2 comentários:

ana disse...

Onde ë que este senhor se enfiou? obriga-me a mexer um ou outro cordelinho junto das minhas influënicas nördicas, para dar de frosques? Atë na Interpol jå eu procurei. Humptf. Aborrecida. Estarä em jet lag, blog lag e twitt lag?

F. Penim Redondo disse...

cara ana, realmente ainda estou a aterrar, a tratar do backlog, a pôr os pés no chão...