segunda-feira, março 09, 2009

A China vai aos saldos

.

Pequim, 8 mar (EFE).- Uma segunda delegação chinesa de dirigentes de empresas liderada por funcionários do Ministério de Comércio iniciou este fim de semana uma viagem por quatro países europeus, para buscar oportunidades de investimento e cooperação econômica, informaram fontes oficiais à agência "Xinhua".

A primeira delegação investidora que visitou também Alemanha, Espanha, Suíça e Reino Unido comprometeu aquisições no valor de US$ 10 bilhões, acrescentou a mesma fonte.

Nesta segunda ocasião, a nova delegação explorará oportunidades de investimento nos setores do automóvel, maquinaria, têxtil, alimentação, eletrônica e tecnologias relacionadas com economia de energia e proteção do meio ambiente.

Um funcionário do Ministério disse a "Xinhua" que "a viagem fortalecerá mais a cooperação entre China e Europa e criará um resultado mutuamente beneficente na luta contra a crise econômica global".

Representantes de mais de 20 grandes empresas, várias associações nacionais de comércio e funcionários integram esta segunda delegação aos quatro países europeus. EFE
.

1 comentário:

ABRIL DE NOVO disse...

"Quando a China despertar, o mundo tremerá", afirmou Napoleão Bonaparte no início do século XIX… Estará ainda actual, dependendo do ponto de vista de cada um. Até quando vai aos saldos ou manda uma tonelada de arroz para África.