sábado, janeiro 31, 2009

Olho por olho...


Lisboa quer Marquês, Terreiro do Paço e Rossio livres de propaganda eleitoral
Público, 31.01.2009
A Câmara de Lisboa quer garantir a não colocação de propaganda eleitoral no Marquês de Pombal, Terreiro do Paço, Rossio, Praça do Município e Restauradores e limitar o tamanho dos cartazes em outras zonas da cidade.Segundo o vereador do Espaço Público, a ideia é "ser totalmente respeitador das regras quanto à protecção de vistas e não ocupação de passeios e ao mesmo tempo garantir que algumas zonas ficam livres de propaganda"."
Isto era um bocado desordenado", afirmou José Sá Fernandes, frisando que a proposta que apresentou ontem numa primeira reunião com os maiores partidos políticos "é totalmente aberta". "É uma primeira sugestão. Agora vamos continuar a discutir esta matéria", explicou o vereador, acrescentando que vai chamar também os pequenos partidos para discutir o assunto. "Alguma coisa tinha de se fazer. É que mesmo as proibições que resultam da legislação muitas vezes não eram cumpridas", disse, no final de uma reunião com representantes do PS, PSD, PCP, Bloco de Esquerda e CDS-PP. De acordo com a proposta da autarquia deverão ficar igualmente livre de cartazes de propaganda eleitoral algumas zonas que entrarão em obras, como o Martim Moniz, a Alameda das Universidades e o Cais do Sodré. A proposta da câmara sugere igualmente que os cartazes maiores sejam apenas colocados nas avenidas Norton de Matos, Marechal Craveiro Lopes, General Correio Barreto, Marechal António Spínola e na Infante D. Henrique. Para os de menores dimensões é proposto um mapa que será ainda apresentado aos partidos para ser acertado."A proibição de propaganda no Marquês de Pombal foi muito bem recebida e a do Martim Moniz consensual. No Cais do Sodré foi sugerido que se encontrassem alternativas, que é o que vamos ainda analisar", explicou Sá Fernandes. "O desejo é que seja consensual para que todos cumpram. Hoje [ontem] tivemos uma primeira reunião e todos foram muito receptivos às propostas da autarquia", disse o vereador do Espaço Público. Lusa
Acho muito bem mas lamento que a sensibilidade do Zé não se estenda também à publicidade comercial que tem progressivamente degradado "as vistas" das nossas cidades.
Há cruzamentos em Lisboa apinhados de placards, alguns com imagens móveis, alguns da própria autarquia, que, para além da degradação estética, distraem os condutores e propiciam os acidentes de viação.
Será que o Zé só vê com um dos olhos ?
.

1 comentário:

Anónimo disse...

what bands are good to see for emo hairstyles?
[url=http://www.emo-hairstyles.info/]emo hair[/url]