sexta-feira, abril 08, 2011

Mensagens contraditórias

O PCP encontrou-se com o BE, numa reunião inédita e louvável, que os partidos justificaram com a necessidade inadiável de um governo de esquerda.
Logo após a reunião anunciaram que concorrerão separadamente às próximas eleições, apesar de alguns analistas dizerem que os votos obtido em 2009, se tomados em conjunto, produziriam 39 deputados em vez dos 31 obtidos separadamente.
Desta forma projectam mensagens contraditórias.
A necessidade de um governo de esquerda, tão propalada, parece afinal ser insuficiente para desarmar o bairrismo partidário.

.

3 comentários:

Rogério Pereira disse...

Uma excelente aritmética não te garante a aprovação no código de estrada. Não acertas, nem por nada...

:))

J Eduardo Brissos disse...

Os anúncios de candidaturas separadas já tinha sido feito antes, já com cabeças de lista e tudo.

Também sou dos que gostavam que este encontro tivesse tido lugar há mais tempo e que agora a situação fosse diferente mas, como se diz num post lá da Essência, agora é escolher acalentar ou sabotar. Eu escolho acalentar.

o castendo disse...

Nem sempre uma convergência (ou aliança) se traduz em multiplicação dos votos: http://ocastendo.blogs.sapo.pt/1149309.html