segunda-feira, março 27, 2006

À distância de uma bofetada

Ontem ultrapassei numa descida o "nosso primeiro" José Socrates.
Assim, sem mais nem menos, com o suor do nosso rosto partilhámos o asfalto lá para os lados de Alcântara. O nosso ex Sampaio também por lá andava como é seu costume.
Na mini-maratona, pois então, que os tempos não estão para outros voos.



Já vi glosar o tema do ponto de vista da saúde que os nossos governantes revelam mas não me lembro de ter visto referir a saúde da nossa sociedade que está implícita nestes comportamentos.

Em quantos países poderíamos nós ver os mais importantes dirigentes políticos, em calções, no meio de milhares de anónimos cidadãos, à distância de uma bofetada ?

Eu sei que temos muitos defeitos e muitas razões para nos lamentar mas não esqueçamos as coisas boas que este nosso país ainda nos permite viver.

2 comentários:

Nic disse...

LOL..."'a distancia duma bofetada"... e ninguem lhe a deu?...LOL

o encoberto disse...

blog realmente muito interessante.