segunda-feira, fevereiro 18, 2008

A Guiné pelos olhos de um soldado

.



Em 1968, há 40 anos, a minha vida mudou muito. Casei-me e fui à guerra. É portanto natural que durante o ano em curso eu seja dado a algumas lamechices indesculpáveis noutras circunstâncias.

Completei recentemente a recuperação das fotografias que fiz, enquanto jovem soldado da marinha, ao contactar com o multifacetado povo da Guiné e com os seus trabalhos e festanças. Devem ser entendidas como um tributo ao povo cuja independência fui forçado a combater ao arrepio das minhas convicções. Penso que isso transparece das imagens que pode ver AQUI.



4 comentários:

ALVES ALMEIDA disse...

Somente um breve comentário...gostei!!!

lindo disse...

força continua assim q vais longe

Verdegaio disse...

Amigo:
Andei por aqui num passei agradável.
www.guine-bissum.blogspot.com
Abraço
Quim

F. Penim Redondo disse...

Um abraço camarada Quim.