sexta-feira, dezembro 09, 2011

O fim da UE é uma questão de tempo.

O fim da UE é uma questão de tempo.
Hoje convenci-me, penso que definitivamente, de que a União Europeia é uma quimera que não tem futuro. Os "pais fundadores", com o seu whishfull thinking, sonharam unir este autêntico saco de gatos através de uma operação chocantemente irrealista.
A diversidade das culturas, e das histórias nacionais, o jogo dos interesses, legítimos e ilegítimos, a premência dos sistemas eleitorais de cada país e o choque das personalidades e das idiosincrasias, transformam quaisquer escolhas e decisões operativas perante os desafios globais quase impossíveis.
A minha conclusão, talvez tardia, emana da actual incapacidade para fugir ao desastre anunciado. Se nem nesta emergência conseguem reagir, então não há qualquer futuro para a UE.
Vou orientar a minha vida pessoal com base nesta expectativa.



.

3 comentários:

Rogério Pereira disse...

É pá, diz lá o que vais fazer
só para que me possas inspirar...
(tarde vem, a convicção que nuca chega. A tua chegou. Ainda não é tarde... para o que deve ser feito)

André Barata disse...

Eu não estou tão pessimista, mas realmente também estou curioso sobre o que fazer no pior cenário. Ideias para um plano de contingência? :-)

Anónimo disse...

A UE FOI SÓ UMA TATICA DO CENTRALIXO PRA IMPOR A DESTRUIÇÃO DO OESTE DO CONTINENTE SIMILAR AO QUE OCORREU NOS EUA POS-EISENHOWER/KENNEDY..