quarta-feira, novembro 23, 2011

Cinemas e teatros há 50 anos

.







Não sei bem porquê lembrei-me de ver o Diário de Lisboa de 23 de Novembro de 1961, já lá vão exactamente 50 anos e tinha eu dezasseis. As páginas dedicadas aos espectáculos trouxeram-me memórias muito fortes de um filme e de uma peça de teatro. Por um lado o "Rocco e os seus irmãos" que Visconti filmou em 1960. Por outro a peça de teatro "O Tinteiro", de Carlos Muniz, levada à cena no Cinema Império.
Qualquer destas obras teve uma enorme influência sobre a minha formação intelectual e política.

.

1 comentário:

Rogério Pereira disse...

Olhando para trás?
Por vezes também o faço. As memórias fazem de nós o que somos, quando a elas temos fidelidade. Também eu fui marcado pelo "Rocco". Não perdi uma peça do “Teatro Moderno de Lisboa” até a PIDE acabar com o grupo, no Império. Vi igualmente o "Tinteiro", mas a peça que mais marcou foi "O Render dos Heróis", do José Cardoso Pires.