sexta-feira, fevereiro 19, 2010

Virtualidades da negação sistemática

.




Inspirado neste post do Trix-Nitrix
A informação foi obtida de forma inadmissível pois deve-se sempre pedir licença antes de entrar. Os visados deram a resposta adequada à irregularidade na obtenção de prova.
.

6 comentários:

viajantes disse...

sublime!!!!...

JP Santos disse...

Genial

Manuel Vilarinho Pires disse...

Fernando, Fernando...

Ao fim de quase 30 anos continuas a manter esse bom humor que faz de ti um interlocutor incomparável!

Agora, se em vez de teres descoberto um filme em que a senhora entra no seu próprio quarto sem bater à porta, o que é perfeitamente ético, tivesses conseguido descobrir um com um detective a espreitar pelo buraco da fechadura e a bichanar para a porteira que avisa a vizinhança, aí assentaria como um chapéu à situação actual em Portugal.

Deixa lá, o ajustamento à actualidade é menos que perfeito, mas o humor é inultrapassável.

F. Penim Redondo disse...

Caro Manuel Pires
Só espero que a comicidade deste filme ajude a desfazer uma certa crispação que anda no ar e nas discussões (não da tua parte bem entendido).

Jorge Nascimento Fernandes disse...

Já se sabe que também não resisti em colocá-lo no meu blog. Obrigado
Jorge

JP Santos disse...

Tomei a liberdade de colocar um link deste post neste post do meu blog http://jopms2.blogspot.com/2010/02/o-caso-das-escutas-face-oculta.html onde faço uma análise de todo este caso.