quinta-feira, maio 05, 2011

Os desempregados deviam ser uma prioridade

.





Há uma coisa neste acordo de "ajuda externa" que eu não consigo aceitar. Como é possível reduzir os apoios aos desempregados que são, de longe, os maiores sacrificados de toda esta crise?
Se há casos de abuso no acesso aos subsídios então fiscalizem e persigam quem o faz.
Devia ter sido feito um esforço maior noutras áreas para manter a duração e o valor dos subsídios de desemprego. Podem ser vitais para garantir um mínimo de dignidade a milhares de famílias.



.

1 comentário:

Rogério Pereira disse...

Antes de não aceitar isso que dizes, eu não aceito isto aqui