sexta-feira, agosto 24, 2007

O cinema e as pipocas


Voltei a experimentar o suplício de estar na bicha das bilheteiras da Lusomundo.
Com a ideia peregrina de vender, em paralelo com os bilhetes, uma série de patetices sob a forma de pipocas, faz-se o espectador esperar eternidades. Eu, por exemplo, cheguei um quarto de hora antes e acabei por entrar com dez minutos de atraso.

Não me venham com o marketing e a rentabilidade que não me convencem. Assiti à debandada de vários potenciais clientes. Eu próprio já desisti várias vezes de comprar bilhete.

Seria muito complicado ter umas bilheteiras para quem não quer "comes & bebes" ?

Não só se fomenta os maus hábitos alimentares como se induz a ideia de que o cinema é local de piquenique, quando não de falatório que incomoda toda a gente.

O nosso Estado, sempre tão pronto para regulamentar isto e aquilo, porque não vira a sua furia disciplinadora para este lado ?

O cinema é uma arte (embora a programação da Losomundo faça os possíveis por o contrariar) e devia merecer um bocadinho de protecção...

2 comentários:

migvic disse...

O mesmo sitio onde vendem os bilhetes, vendem as pipocas?

Lucro a todo o custo.

F. Penim Redondo disse...

Por acaso até acho que podiam ganhar mais com outro tipo de organização. Há muitos clientes, tenho observado, que não estão para esperar e vão-se embora.