quarta-feira, junho 01, 2011

Analogia automobilística




Aqui fica uma forma didática para explicar a deplorável situação a que o país chegou, recorrendo a uma analogia automobilística.
Os governos dos últimos anos comportaram-se como aqueles tipos que derretem as suas poupanças, e ainda se endividam, para impressionar os vizinhos com um faiscante BMW, novinho em folha, estacionado na praceta. Na verdade as suas posses recomendariam antes um Renault Mégane (em segunda mão).

.

5 comentários:

J Eduardo Brissos disse...

Para ver se percebo a analogia: O BMW é o SNS, a Educação, as Pensões, ou as parcerias publico privadas, os submarinos, as autoestradas sem carros?

F. Penim Redondo disse...

Como pareces ter dificuldade em perceber aqui vão alguns exemplos:
- O SNS sempre que os privados das farmacêuticas e dos exames complementares de diagnóstico cobram mais com a conivência dos gestores hospitalares e do ministério
- A Educação quando pagamos uma quantidade de professores com horário zero ou que metem baixas fraudulentas
- As pensões quando são pagas a gestores de empresas públicas, ou do Banco de Portugal, que não descontaram proporcionalmente
As PPP, os submarinos e as autoestradas paarece-me que não tens dificuldade em perceber.

J Eduardo Brissos disse...

Então não é propriamente vivermos acima das nossa possibilidades, é haver quem nos anda a gamar.

skeptikos disse...

O consórcio Escala Vila Franca de Xira, liderado pelo Grupo Mello, assume, a partir de hoje, a gestão do Hospital Reynaldo dos Santos (HRS) que passa ao estatuto de hospital público com gestão privada. Se tudo correr de acordo com o planeado, dentro de 22 meses, em Abril de 2013, entrarão em funcionamento as novas instalações do HRS, num investimento superior a 100 milhões de euros, desenvolvido no âmbito de uma parceria público-privada. A cerimónia de transmissão de responsabilidades realizou-se ontem ao fim da tarde. O secretário de Estado da Saúde garantiu que, independentemente do acordo com a chamada "troika", a construção do novo hospital vila-franquense "é um processo absolutamente irreversível".


Caso para perguntar quem privatiza o quê do SNS?

skeptikos disse...

Esqueci o link http://vozribatejana.blogspot.com/2011/06/grupo-mello-assume-hoje-gestao-do.html