quarta-feira, maio 09, 2007

A Dissidência da Terceira Via



Apresentação do livro e do seu blog

2 comentários:

Raimundo Narciso disse...

Olá Fernando Penin obrigado pela visita e pelo reparo de falta de indicação da hora. O lançamento do livro é às 18,30m de 2007-05-17.Ficarei muito satisfeito com a tua presença.
Abraço

J. P. H. disse...

Mário Lino apresenta livro sobre dissidências no PCP

O ministro das Obras Públicas, Mário Lino, vai apresentar amanhã, na Fnac do Chiado, um livro sobre a dissidência da "terceira via" no PCP. O autor é o seu amigo Raimundo Narciso, intitulando-se o livro Álvaro Cunhal e a dissidência da terceira via (edições Ambar).

Lino e Narciso foram militantes do PCP e ambos integraram, no início dos anos 90, essa dissidência comunista, com outros militantes como Joaquim Pina Moura, Barros Moura (já falecido) e José Maga-lhães. Mário Lino participou também, até ir para o Governo, num blogue com Raimundo Narciso (puxapalavra.blogspot.com) .

O livro de Raimundo Narciso já criou controvérsia. Vítor Dias, ex-dirigente nacional do PCP (mas ainda militante), revoltou-se contra o facto de surgir na obra como tendo participado em conspirações anti-Cunhal que fervilharam no PCP por essa altura, animadas pela perestroika .

"Jamais tive quaisquer contactos ou relações de cumplicidade política ou de concertação de opiniões, acções e iniciativas com o grupo a que Raimundo Narciso se refere e que ele integrava", escreveu Vítor Dias no seu blogue pessoal (tempodascerejas.blogspot.com). Denunciou ainda o "descaramento daqueles que, tendo ido rapidamente para relevantes cargos no PS, ainda hoje nos queiram convencer que antes agiam a favor da 'renovação' do PCP".

Num blogue dedicado ao livro (agrandedissidencia.blogspot.com), Narciso respondeu dizendo que nunca foi "possível encontrar qualquer contribuição [de Vítor Dias] para a saída do pântano em que o PCP se tinha atolado".