quarta-feira, maio 23, 2012

SEMPRE NA VANGUARDA


Portugal, nas palavras de Seguro, "foi o primeiro na UE a adoptar adenda para o crescimento”.
Na sequência desta iniciativa revolucionária do PS aguarda-se nova proposta, desta vez no âmbito constitucional.
A Constituição passará a proibir crescimentos anuais do PIB inferiores a 5%.

1 comentário:

Rogério Pereira disse...

Já esperava...

Passo a passo enche o coelho o "papo"