segunda-feira, maio 09, 2005

Pedintes e Malandros

Aguarda-se, a qualquer momento, o anuncio da estreia de "A ópera dos três vinténs" (Brecht/Weill) pelo Teatro Aberto. Em 1992 o Teatro Aberto, com esta mesma obra, obteve vários prémios. Trata-se portanto, para João Lourenço, de revisitar um texto emblemático.




Carcere di Volterra, “Opera da tre soldi”


Talvez seja um sinal dos tempos que ocorram em Lisboa, no espaço de alguns meses, três das quatro versões da "Beggar's Opera". O Teatro Aberto levou recentemente à cena "A Ópera do Mendigo" (versão Britten/Gay), ainda inédita entre nós.




"The Beggar's Opera", pelo Teatro Aberto


Tivemos também a oportunidade de ver uma montagem brasileira de "A Ópera do Malandro" que percorreu várias cidades do nosso país.




Cartaz de "A Ópera do Malandro"

3 comentários:

Fernando B. disse...


Prezado Fernando,

Descobri hoje o endereço do teu blog e enviei-te um e-mail.

Claro que vai constar nos meus links no Fraternidade.

Há quanto tempo eu não vou ao teatro... A última peça que vi, foi o ano passado, aqui perto, em Linda-a-Velha, O Inspector Geral de Nicolau Gogol, pelo Intervalo - Grupo de Teatro.

Beijocas à Maria Rosa e um grande abraço para ti.

dale music disse...

Dale is in da house!

Carlos disse...

dale opera e classical music of the world!