quinta-feira, maio 22, 2014

A culpa do destinatário



Os resultados nas "europeias" de 2009 foram : 


PPD/PSD: ( 31,71%) , 
PS: ( 26,53%), 
B.E.: ( 10,72%), 
PCP-PEV: ( 10,64%), 
CDS-PP: ( 8,36%). 

Comparando com a sondagem apresentada hoje, caso se confirme no dia 25, constata-se que a Coligação perderia cerca de 10%, o PS ganharia 7,5%, o BE perderia 5,7% e a CDU ganharia 1,4%.
Como é que alguém pode considerar positivo a CDU ganhar 1,4%, depois de 3 anos de austeridade, e o BE estar quase reduzido a metade?
Não seria melhor alguém tentar perceber que erro(s) está a esquerda a cometer para os cidadãos não confiarem nela mesmo quando sujeitos a grandes sacrifícios ?
Quando alguém explica mas não convence há várias possibilidades (incapacidade do destinatário, ineficácia do emissor, mensagem inadequada, etc).
Mas a solução mais cómoda é sempre culpar o destinatário da explicação.


.

9 comentários:

João disse...

Se formos insistindo em análises simplistas, nunca obteremos mais do que respostas simplórias.

Rogerio G. V. Pereira disse...

Primeiro comentário: Há sempre riscos quando se comparam resultados passados reais com previsões actuais...

Segundo comentário: Há 5 anos dizia-se que a CDU seria já hoje um cadáver morto e enterrado em lugar esquecido ou ignorado...

Terceiro comentário: Goebells por tem andado por aí, nunca te cruzaste com ele?

J Eduardo Brissos disse...

"Quando alguém explica mas não convence há várias possibilidades (incapacidade do destinatário, ineficácia do emissor, mensagem inadequada, etc)."

Esqueceste-te doutras hipóteses:

a) A mensagem, e o mensageiro serem bons, mas não haver meios para fazer chegar a mensagem aos destinatários;

b) O adversário usar os vastos meios ao seu alcance para repetir tantas vezes as suas mentiras até que elas passem por verdades;

etc.

Anónimo disse...

O comentário é algo facílimo de concretizar. O papel aceita tudo, sem questionar.

A realidade é bem mais complexa. Existe uma enorme desconfiança por parte da generalidade das pessoas.

A constatação das mentiras PS/PSD generalizaram-se para todas as forças partidárias. Para esse facto contribuiram diferentes forças unidas num ideal comum: o anti-comunismo primário.

É fácil dizer que seria este ou aquele caminho, difícil é explicar às pessoas cara a cara, que não são todos iguais.

Mas o papel aceita tudo. E enquanto há gente a dar o litro para desmascarar o governo e o ps... há quem se dedica a comentar sondagens, com ares de grande intelectualidade, mas sem apresentar uma única proposta de como convencer as pessoas de que há alternativa.

Se esquecermos que o MRPP é uma depedência do PS, temos: Saída do Euro directa, temos uma coisa neo-fascista chamada MAS que diz: referendo ao Euro, temos os que gostavam do Euro e já não gostam : BE, temos a CDU que diz que ou saímos ou somos empurrados por isso temos de preparar desde já a saída do Euro.

Há para todos os gostos, porque não sobe então os chamados partidos da esquerda (na minha opinião, PCP/CDU e BE) porque as pessoas não querem ouvir nada, estão desesperadas e não vão votar.

Falo porque fiz o meu trabalho e contactei muita, muita gente.

Teria sido tão mais fácil dedicar-me aos blogs... mas não quero, não sou assim tão egoísta.

São opções, cada um faz a sua.

Anónimo disse...

Para o seu comentário ter algum sentido, deveria indicar a sondagem da Católica, em 2009

PS-40%
PSD-36%
BE- 12%
CDU- 7%
CDS- 2%

Compare estes resultados, com o que realmente se passou.

E mais tal como na altura a abstenção possivel segunda a sondagem , seria tal como agora de 48%, e foi de 63%.

Conclusão , alguém anda DELIBERADAMENTE, a manipular sondagens.

F. Penim Redondo disse...

Eu condicionei o uso da sondagem escrevendo "caso se confirme no dia 25".
Quanto à manipulação das sondagens ela começa logo nos inquiridos que, em muitos casos, não dirão a verdade sobre o voto que realmente pensam fazer.
Mas o erro da sondagem de 2009, se foi deliberado, e tinha um objectivo , não se percebe qual pudesse ser. Inflaccionar o resultado de um partido numa sondagem beneficia ou prejudica? Faz aumentar o número de votantes nesse partido ou faz diminuir? Não é nada evidente.

Anónimo disse...

A evidencia é a incompetência, a pergunta poderá ser , porque dão os jornais cobertura a sondagens sem rigor, e tantos blogers as tomam como boas , para fazerem as suas analises?

PS 40 resultado PS 26

ou CDS 2 CDS 8

São diferenças abissais.

F. Penim Redondo disse...

Quando as sondagens são publicadas ainda não se sabe se são boas ou más. Essa faz lembrar o outro: prognósticos só no fim do jogo.

F. Penim Redondo disse...

Esta sondagem que eu publiquei há dias mostra a incapacidade para perceber as transferências de voto do PS e da coligação para o Marinho Pinto. Quanto ao resto não estava mal. Mantenho portanto os meus comentários acerca da inépcia da esquerda, depois de três anos de austeridade.