quinta-feira, maio 18, 2006

Uma aventura psicadélica


Em vésperas do Campeonato Meridional de Futebol 2006, o presidente da Federação Bananalense de Futebol, Felisberto Clorofenil, resolveu apostar novamente no seleccionador matagalense Ruiz Secalhari, permanentemente de férias em Bananassau, acompanhado pela família. Conseguirá a selecção da Bananalândia chegar à final, repetindo a proeza do “Neura 2004”?

Perdida a final do “Neura 2004” para a Espanha, em Lisbola, no estádio do Sport Lisbola e Passaroco (5-0), que caminhos se podem trilhar no futebol bananalense, qualificado para o “Meridional 2006”?

FADO, FUTEBOL E FARPAS, UMA AVENTURA PSICADÉLICA (escrita em pequenos mosaicos cinematográficos de fel, corrosão e ironia, à moda de Mário-Henrique Leiria, com laivos de Monty Python e desenhos animados da Warner Brothers) começa meia-dúzia de meses antes do “Meridional 2006”, disputado na Beerlândia.

1 comentário:

Luís Graça disse...

Muito obrigado pela divulgação.
Um abraço.