segunda-feira, junho 29, 2015

A minha mãe morreu há exactamente 9 anos



A minha mãe morreu há exactamente 9 anos
nesse dia de 2006 eu estava em Arles quando recebi pelo telefone a notícia da morte da minha mãe. Numa coincidência extraordinária acabara de ver, naquela cidade provençal, uma estátua de Campra cujo Requiem tanto admiro.
Conduzi, à pressa, até Barcelona de onde voei para Lisboa. Deixei em Barcelona o resto da família que regressou no automóvel.
Hoje pubico esta fotografia de nós dois, provávelmente de 1960, no meio de giestas em local que não recordo. Tinha eu 15 anos.
Costumávamos ir ao cinema os dois, principalmente ao velho Imperial. Como dois bons amigos.

O Referendo


sexta-feira, junho 26, 2015

quinta-feira, junho 25, 2015

Até à eternidade



Reunião do Eurogrupo, sobre o problema da Grécia, em 2075

segunda-feira, junho 22, 2015








Faz hoje exactamente 50 anos
eu então publicava poemas no DL "Juvenil", do saudoso Mário Castrim

domingo, junho 21, 2015

sábado, junho 20, 2015

GENESIS



GENESIS
Levei lá a minha neta Rafaela que tem sete anos.
No caminho ela receava "ir levar uma ganda seca".
Mas acabou por ver a exposição muito divertida e eu deixei-me conduzir por ela, seguindo o percurso das fotografias que mais a interessavam.
Recomendo vivamente que levem os filhos e netos para lhes falar sobre as maravilhas do planeta e a grande diversidade dos humanos e das suas vidas.
Depois não se esqueçam de lhes falar da enorme aventura que foi a vida do fotógrafo, o grande homem Sebastião Salgado.

sexta-feira, junho 19, 2015

Uma coisa que me perturba




esta semana, mais uma vez, Miguel Sousa Tavares expressa as suas preocupações com o processo Marquês.
Muitos outros, incluindo amigos que prezo, também põem em causa a prisão preventiva e a inexistência de provas consideradas imprescindíveis.
Eu compreendo esses argumentos mas não compreendo que essas mesmas pessoas condenem "sem provas" os procuradores e juízes de váriostribunais.
Que reconheçam desconhecer o processo mas, apesar disso, presumam as mais cavilosas intenções aos procuradores e juizes.
Que considerem execráveis as "fugas de informação" mas baseiem as suas opiniões definitivas, precisamente, em artigos de jornal que nada garante reflectirem o processo de forma fidedigna.

quinta-feira, junho 18, 2015

Uma pérola



Uma pérola no Expresso da semana passada 

terça-feira, junho 16, 2015

sábado, junho 13, 2015

sexta-feira, junho 12, 2015

Para descontrair



Para descontrair

quarta-feira, junho 10, 2015

sexta-feira, junho 05, 2015

TSU - uma espécie de (ai) Jesus



TSU - uma espécie de (ai) Jesus
A TSU mudou-se, com estrondo, do PSD para o PS.
Ainda há meses, a simples menção deste tabu pelo Coelho provocava a fúria e o terror nos jornais e no Facebook.
António Costa, qual Bruno de Carvalho, arranjou uma dúzia de mágicos e a redução daTSU, em grande escala, tornou-se de repente uma medida virtuosa. 
Pela mesma lógica as tiradas do Jorge Jesus passarão a ter lugar nos compêndios escolares de literatura portuguesa.

quarta-feira, junho 03, 2015

A mãe




Uma foto da minha mãe, há muitos anos, de que gosto bastante
eu apareço reflectido do vidro da janela