sábado, junho 29, 2013

Big Brother


.


segunda-feira, junho 24, 2013

LORE

.





LORE
um filme aterrador, e belíssimo, sobre as ciladas da história e as suas vítimas.

domingo, junho 23, 2013

segunda-feira, junho 17, 2013

domingo, junho 16, 2013

sexta-feira, junho 14, 2013

Já lá dizia Marx (antes de Gaspar)

.




"Civil servants and priests, soldiers and ballet-dancers, schoolmasters and police constables, Greek museums and Gothic steeples, civil list and services list—the common seed within which all these fabulous beings slumber in embryo is taxation."

"Funcionários públicos, padres, soldados e bailarinos, professores e polícias, museus gregos e pináculos góticos, ...- a semente comum na qual todos esses seres fabulosos repousam como embriões é a cobrança de impostos"

.

 

Um verbo faz a diferença

.



.

O PS, sem tirar nem pôr

.



Um retrato fidedigno de Sócrates, TóZé, Soares e quejandos

.

quarta-feira, junho 12, 2013

A QUESTÃO PRIMORDIAL



A QUESTÃO PRIMORDIAL

Está a sair mais sardinha ou mais bifana ?

Borda Debaixo D'Água

.



A propósito de um episódio recente na Assembleia da República

.

sexta-feira, junho 07, 2013

A génese do buraco

.


Between 2000 and 2012, Portugal's economy grew less on a per capita basis
 than the U.S. during the Great Depression or Japan during its lost decade 
(revista "The Atlantic").


Os responsáveis por isto são agora os paladinos do crescimento- que nunca conseguiram- como alternativa à austeridade que eles próprios provocaram.

quinta-feira, junho 06, 2013

Originais, cópias e imitações

.


Dos smartphones à simples chave de parafusos, 
grande parte dos produtos que utilizamos diáriamente
- os originais, as cópias e as imitações- 
são "made in China".


É aterrador o paroquialismo do debate político em Portugal, que sistemáticamente omite o que de mais "revolucionário" está a acontecer não só na China, como em Cuba ou em Moçambique.
Os factos nacionais, desligados do vertiginoso movimento do mundo, não fazem qualquer sentido e não podem ser verdadeiramente compreendidos.
Por isso é bem-vindo o novo livro do moscavidense António Caeiro, há muitos anos radicado na China como jornalista.

quarta-feira, junho 05, 2013

PORTUGAL PARECE O QUÊ ?

.




PORTUGAL PARECE O QUÊ ?
Soromenho-Marques raramente diz alguma coisa digna de registo ou que nos enriqueça mas, desta vez, foi mais longe e disse 
uma autêntica parvoíce.  O recorte mostra até onde é que eu consegui ler antes de arremessar o jornal contra a parede.
Um doutor, mesmo que certificado, não transforma cretinices que se dizem à mesa do café em pérolas da retórica.
É verdade que este Viriato não é o único a dizer dislates no espaço público mas isso não pode ser desculpa.
Bem dizia Antero, aliás citado no artigo, que o nosso pior inimigo somos nós mesmos. 
Só é pena que Soromenho-Marques não tenha percebido que era a pessoas como ele que Antero se referia.

terça-feira, junho 04, 2013